A Algar celebra 25 anos

e 507 milhões de kg de recicláveis valorizados.

A Algar celebra 25 anos

e 8,8 mil milhões de kg de resíduos tratados.

A Algar celebra 25 anos

e 73 milhões de kg de embalagens separadas para reciclagem.

A Algar celebra 25 anos

Somos uma equipa que nos enche de orgulho e motivação

A pesca por um mar sem lixo. 29/09/2020

“A Pesca por um Mar sem Lixo” deu mais um passo para cumprir o objetivo de reduzir o lixo marinho na costa portuguesa com o alargamento do projeto ao porto de pesca de Lagos, onde conta no arranque com a adesão de 31 embarcações e 67 pescadores.

 

Lagos é o 17º porto de pesca a aderir a esta iniciativa, numa parceria que envolve a Docapesca, a Algar, S.A., a Câmara Municipal de Lagos, a Associação de Armadores de Pesca Artesanal do Barlavento Algarvio, a Cooperativa dos Armadores de Pesca do Barlavento (Barlapesca) e a Associação Portuguesa de Lixo Marinho.

 

“A Pesca por um Mar Sem Lixo” é um projeto integrado num dos compromissos voluntários de Portugal no âmbito do objetivo do Desenvolvimento Sustentável 14-Oceanos, promovendo a recolha dos resíduos gerados a bordo e capturados nas artes de pesca e disponibilizando as infraestruturas adequadas para a sua receção em terra e posterior valorização.

 

A Algar é parceira da iniciativa na região no Algarve, através da disponibilização de ecopontos para a deposição dos resíduos recicláveis recolhidos no mar pelos pescadores (copos e sacos de plástico, pacotes de bebidas, latas e esferovite). Estes resíduos, recolhidos no mar ou produzidos nas embarcações são encaminhados para terra pelos pescadores, que os colocam nos contentores da Algar.

 

O projeto, coordenado pela Docapesca, une organizações de produtores, armadores e pescadores, bem como entidades públicas e privadas dos portos, visando a melhoria das condições ambientais da zona costeira portuguesa.

 

No âmbito desta iniciativa já estão envolvidas 745 embarcações, que representam 2.814 pescadores, e quase 80 organizações de produtores, associações, municípios, empresas de recolha de resíduos, ONG e administrações portuárias.

 

“A Pesca por um Mar sem Lixo” já foi também implementado em Peniche (2016), Ilha da Culatra e Aveiro (2017), Figueira da Foz e Sesimbra (2018), Póvoa de Varzim, Setúbal, Matosinhos, Sagres, Portimão, Quarteira, Olhão, Nazaré e Sines (2019), em Cascais e Viana do Castelo (2020).

16
Munícipios
451 Mil
Habitantes
14
Infraestruturas
8,4 Milhões toneladas
Resíduos Tratados
499 Mil toneladas
Resíduos Reciclados
42 Mil toneladas
Corretivo Orgânico Produzido
121 GWh
Energia Produzida