Durante o mês de Agosto, numa parceria com o Centro de Ciência Viva do Algarve, a Algar está a participar, no projeto Ciência Viva no Verão em Rede. Trata-se de uma iniciativa que integra mais de 800 ações de participação gratuita em todo o país, para todas as idades, que envolve os Centros Ciência Viva, instituições, Associações científicas, autarquias e empresas.

 

Este ano o destaque vai para os rios, os seus ecossistemas e os serviços que nos continuam a prestar, apesar dos enormes impactes ambientais a que estão sujeitos.

 

É o segundo ano consecutivo que o Centro de Ciência Viva do Algarve convida a Algar para participar no projeto, uma iniciativa que decorre anualmente em todo o país, entre 15 de Julho e 15 de Setembro. A Algar irá disponibilizar-se para receber visitantes na Estação de Transferência e Triagem de Faro/Loulé/Olhão.

 

Em 2017, a experiência foi extremamente positiva. Os visitantes que se inscreveram na atividade da Algar foram sobretudo famílias, em maioria provenientes de outras zonas do país. A sua motivação para participar nesta iniciativa foi a procura de respostas sobre o que acontece aos resíduos indiferenciados e aos recicláveis depois que estes são recolhidos e encaminhados para os Sistemas Multimunicipais para valorização e/ou tratamento. Alguns visitantes conciliaram o seu período de estadia em férias na região do Algarve para, em conjunto com os filhos, conhecerem o processo de tratamento dos resíduos e recolherem conteúdos informativos para os jovens utilizarem em trabalhos escolares, no ano letivo seguinte.



Fica o convite, leve a ciência na sua mala de férias. Consulte o programa da Ciência Viva no Verão em Rede e reserve as suas vagas em www.cienciaviva.pt. As visitas às instalações da Algar estão sujeitas a inscrição prévia na referida plataforma.