Com o objetivo de valorizar as boas práticas ambientais e fomentar a separação multimaterial de resíduos, a Algar tem vindo a promover, em todos os anos letivos, diversas atividades nas escolas. É nesse sentido que surgiu mais uma ação de educação e sensibilização ambiental realizada em planetários itinerantes, denominada “A Nossa Casa é um Planeta”.

 

O projeto resultou de uma candidatura conjunta de 8 Concessionárias do Grupo Empresa Geral do Fomento (Resiestrela, Resinorte, ERSUC, Algar, Suldouro, Valnor, Resulima e Valorminho) ao Programa Operacional para a Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo de Coesão. O valor global do investimento é 75.229,00€ e destina-se à aquisição de 977 ações que estão a ser realizadas nas escolas de norte a sul do país.

 

Neste contexto, a Algar promoveu 155 ações de sensibilização em 38 escolas, tendo alcançado um total de mais de 4.000 alunos. A iniciativa realizou-se no passado mês de Outubro, nas escolas da região do Algarve sediadas nos concelhos de Silves, Lagoa, Loulé, Olhão e Faro. Decorreu mediante a projeção de 3 filmes em 360º (3 planetários itinerantes diferentes), especialmente concebidos com conteúdos adequados a cada um dos seguintes públicos-alvo: Jardim de Infância e 1º Ciclo; 2º e 3º Ciclo e Ensino Secundário, que promovem comportamentos ambientalmente adequados na temática dos resíduos urbanos produzidos diariamente em casa, incentivando a sua redução, reutilização e reciclagem.

 

A ação englobou além da apresentação dos filmes, a prestação de esclarecimentos sobre a temática ambiental por um monitor qualificado, que permitiu a consolidação dos conhecimentos adquiridos. Estas Ações de Sensibilização, têm como objetivo educar, sensibilizar e promover, em toda a comunidade escolar (alunos, professores, auxiliares e famílias), uma maior informação sobre as vantagens de adotar comportamentos ambientalmente corretos no âmbito da valorização dos resíduos urbanos, e, através do contacto direto, motivar a uma alteração de comportamentos mais rápida que permita melhorar o desempenho ambiental das regiões.